domingo, 8 de novembro de 2009

LIÇÃO DE CASA 1 - AVANÇANDO NA PRÁTICA - TP4 – PÁGINA 80

AVANÇANDO NA PRÁTICA - TP4 – PÁGINA 80

TEMA: Problemas Ambientais

SÉRIE: 5ª série (6º ano)

TEMPO ESTIMADO: 10 aulas

JUSTIFICATIVA:

“O professor é um sedutor. Professor é aquele que abre o apetite, que cria o desejo de aprender.”
(Rubem Alves, 2005).

Muito mais do que ensinar, a tarefa dos educadores é a de criar condições para que os educandos aprendam. Quando o interesse pelo saber do aluno é despertado, fica mais fácil o desenvolvimento de capacidades, habilidades e atitudes que vão transformá-lo em um cidadão responsável.Com o estudo dos problemas ambientais no bairro abordamos valores como solidariedade, respeito, tolerância, cidadania, ética, responsabilidade e gentileza.

OBJETIVOS:

- Contribuir com o desenvolvimento social da comunidade a partir da conscientização dos adolescentes sobre importantes questões socioambientais e da democratização do acesso à cultura;

- Refletir sobre o compartilhamento responsável de tudo o que é de uso comum, como telefones públicos, praças, escolas, jardins;

- Ler e produzir textos diversos sobre educação ambiental e natureza;

- Incentivar a capacidade de observação;

- Incentivar a participação de todos com a determinação de mudar comportamentos e assim formar dentro de cada um, princípios de Cidadania Ecológica.

DESENVOLVIMENTO

- Iniciar a aula com a leitura  do texto “ Se a Terra falasse”, de Berenice Gehlen Adams

Se a Terra falasse

Eu me chamo Terra. Tenho 4,6 bilhões de anos e abrigo centenas de milhares de seres vivos. Possuo muitas riquezas e inúmeros ecossistemas. Os oceanos cobrem cerca de dois terços de minha superfície. Sou envolvida pela atmosfera que chega a algumas centenas de quilômetros acima da minha crosta. Estou mudando constantemente desde que nasci. Por exemplo, na Era Glacial estive coberta por uma grossa camada de gelo. Houve o tempo dos Dinossauros que dominavam grande parte de meu ambiente, e que devido a mudanças naturais bruscas, não resistiram e acabaram morrendo. Apesar de todas estas mudanças, sentia-me bem, pois sabia que tudo fazia parte de um ciclo natural.
Muito tempo se passou e hoje em dia sinto-me fraca, muito fraca... Minhas florestas estão sendo destruídas por queimadas e desmatamentos, provocando inúmeras perdas de espécies animais e vegetais. Meus rios e oceanos estão sendo poluídos com lixo, dejetos e rejeitos de indústrias, e minha atmosfera está sendo danificada. O lixo acumulado demora para se decompor provocando feridas em minha crosta. Tudo está sendo destruído e só porque sou muito grande, apenas poucos acreditam que estou correndo perigo de vida, bem como todos os seres vivos que abrigo. Os próprios humanos (responsáveis por todo esse caos) sofrem de inúmeras enfermidades causadas pelo desequilíbrio ecológico, contaminação das águas, poluição, e nem por isso tomam as providências necessárias para reverter esta situação.
Eu sou o seu Planeta, o seu paraíso, presente de Deus, que lhes oferece tudo o que é necessário. Preciso da sua ajuda e peço que cuidem bem de mim plantando, reciclando, despoluindo, para que possamos viver em harmonia novamente, para que muitos animais e plantas continuem vivendo e para que as condições de vida humana melhorem, antes que seja tarde demais...

- Realizar a caminhada ecológica pelo bairro e imediações, inclusive a mata que fica bem próxima à escola.










- Produzir relatos sobre a excursão realizada pelos arredores, o que observaram, o que concluíram.







- Utilizar o DVD “Nossa cidade, nosso lar” produzido pelo Banco Mercantil do Brasil para incentivar a produção de trabalhos e geração de idéias que contribuam para o desenvolvimento e a formação educacional.

O vídeo educativo conta a história de Tuca, uma garotinha que vivencia situações de depredação em sua escola e nas ruas de sua cidade. Depois de encantar-se com o universo da história em quadrinhos, a personagem cria sua própria história, que mostra a falta de cuidado de indivíduos com o ambiente ao seu redor. Este argumento simples e, tão comum em nossas cidades, provoca uma reflexão sobre o compartilhamento responsável de tudo o que é de uso comum, como telefones públicos, praças, escolas, jardins.


-Criar um desenho mostrando o ambiente da casa onde mais gostam de ficar. Este exercício incentiva a capacidade de observação.




- Estudar a música “A casa”, de Vinícius e Toquinho e escrever uma paródia.




- Produzir um desenho ou relato abordando a rua de cada um: Como ela é?

Está bem cuidada? É uma movimentada via de tráfego ou é um lugar mais calmo?É iluminada?Possui árvores?Cestos de lixo?Como é a convivência com as pessoas que também moram naquela rua?(enriquecer a atividade apresentando antes a música “Se essa rua fosse minha”).







- Apresentar o filme “Os Sem Floresta” através da leitura da sinopse do filme (explicar o que é uma sinopse) e assistir junto com eles na sala de vídeo.




- Entregar a Ficha Interpretativa (já postada aqui no blog) e deixar que eles se reúnam em grupos para trocar idéias e realizar as atividades propostas.

-Momento de socialização: cada um comenta sobre o trabalho realizado, suas conclusões.



LIÇÃO DE CASA – COMENTÁRIOS SOBRE A ATIVIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário